Translate

Latest Posts

sábado, 9 de dezembro de 2017

JAMELÃO → A FRUTA COM SURPREENDENTES PROPRIEDADES DE CURA! - CURTA E COMPARTILHE NOSSO BLOG




O jamelão ou jambolão é a Eugenia jambolana, uma Myrtaceae parente da pitanga e da grumixama. Planta nativa das florestas tropicais e subtropicais do nosso continente, o jamelão é medicinal e seu pigmento pode destruir células cancerosas.

Toda planta, de uma maneira ou outra, tem algo de medicinal. Afinal, já se diz há milênios “que seu alimento seja sua cura” e, cada vez que estudamos uma planta, descobrimos a verdade deste lema.

O jamelão tem uma grande variedade de nomes regionais que elenco aqui para que não haja confusão. Em algumas regiões, chama-se jambo, jambolão, jamborão ou jambinho. Em outras se conhece como baguaçu, jalão, joão-bolão, topin, manjelão, azeitona-preta, ameixa roxa, baga-de-freira, oliveira, brinco-de-viúva ou guapê. O nome da espécie também mudou, antes era Eugenia jambolana, agora é Syzygium cumini ou S. jambolana. Mas, a planta é a mesma, uma árvore frondosa, com flores brancas pequenas que atraem as abelhas nativas e frutos redondos, pretos quando maduros, doces e com a polpa arroxeada.

Usos medicinais do jamelão

Uma pesquisa da Unicamp - Universidade Estadual de Campinas - concluiu que o pigmento do jamelão pode destruir células cancerosas. A cor roxa já indica o elevado teor de antocianinas e contatou-se que o extrato da fruta levou a apoptose 90% das células leucêmicas do controle. No controle de células sadias essa porcentagem foi somente de 20%.

Quer dizer, o extrato de fruto do jamelão induz a apoptose em células e, em maior porcentagem, naquelas que são doentes. Isso é muito bom, melhor do que qualquer quimioterapia consegue fazer, atualmente. Mas, não se sabe o porquê desse processo: se ocorre por função de algum produto metabólico ou pelas substâncias que existem no extrato da fruta. E a pesquisa continua.

"Utilizamos diferentes concentrações do extrato e chegamos a um ponto ideal. Mas outros estudos são necessários para esclarecer os mecanismos envolvidos", disse a pesquisadora Daniella Dias Palombino de Campos.



Existem diversas pesquisas sobre os usos medicinais possíveis do jamelão e, caso você se interesse, procure pelo Google Acadêmico com as palavras chaves “Eugenia jambolana, medicinal uses”, por exemplo. Eu deixo aqui o link de uma dessas pesquisas científicas em cujo teor você encontrará uma tabela sobre o uso do jamelão (toda a planta) na medicina popular cujo uso é bastante diversificado.

Jamelão na medicina popular e na fitoterapia

Na medicina popular e na fitoterapia já se reconhece seu potencial hipoglicemiante, anti-hipertensivo, antioxidante, anti-inflamatório, antisséptico, diurético e é indicado para usos internos e externos, tanto a infusão de folhas, casca do tronco, raiz ou sementes quanto o seu decocto.

Chá das sementes de jamelão

A receita tradicional diz que se devem esmagar 2 colheres de chá de sementes secas de jamelão para cada xícara de água fervente. Abafar e tomar após 10 minutos. Indica-se tomar até 3 xícaras ao dia.

Cuidados com este chá. Contraindicações

O chá de semente de jamelão é excelente para reduzir a pressão arterial e os índices glicêmicos, portanto, se você sofre de pressão alta ou de diabetes, controle seus índices para não sofrer de uma crise de hipotensão ou hipoglicemia, que também são condições pouco salutares.

O consumo da fruta em excesso também poderá resultar nesses mesmos incômodos.

Fonte: greenme

CAMAPU: A PLANTA QUE AJUDA NA RECUPERAÇÃO DE ALZHEIMER E PARKINSON - CURTA E COMPARTILHE NOSSO BLOG




Camapu, fisalis ou juá-de-capote é muito comum aqui no nosso país, em diversas regiões. Na verdade, são duas as espécies: o Camapu (Physalis pubescens) e o Juá de capote (Physalis angulata), com diferentes características que podem ser facilmente cultivadas aqui.

Mas, o interessante é que a ciência está estudando esta planta pois, ela ajuda na recuperação dos neurônios e, portanto, das doenças neuro-degenerativas como o Alzheimer, o Parkinson e diversas outras.

Pesquisadores do Pará descobriram que uma das substâncias que o camapu (Physalis pubescens) contém no talo da planta tem a potencialidade de estimular a produção de novos neurônios no hipocampo - o hipocampo é a área do nosso cérebro que está ligada à memória - e buscam desenvolver medicamentos fitoterápicos que possam ser aplicados aos seres humanos pois, por enquanto a pesquisa se limita a outros animais. Esta pesquisa também aponta a possibilidade de que estes medicamentos possam ser usados para os que sofrem de depressão grave, onde há perda neuronal.

Foto - Physalis angulata

Foto - Physalis pulbescens

“A notícia é muito boa, principalmente pelo fato de esta substância estimular o crescimento neuronal na área do hipocampo. A gente está falando da criação de novos neurônios, algo que algum tempo atrás não se falava”, diz Milton Nascimento dos Santos, do Grupo de Pesquisas Bioprospecção de Moléculas Ativas da Flora Amazônica da da Universidade Federal do Pará.

Essas propriedades neurogênicas do camapu foram testadas em laboratório e em ratos e agora iniciam-se os testes clínicos e de produção a larga escala, para subsidiar a indústria farmacêutica nacional.

Mas, pelo visto, essa substância do talo do camapu é muito complexa e há dificuldades na sua sintetização, mas a planta é de fácil reprodução, com ciclo bianual. “A substância pode ser uma maravilha, mas se só é produzida pela planta uma vez por ano, a produção de fitoterápicos ficaria inviável”, diz Silva.

PROPRIEDADES MEDICINAIS DO CAMAPU

O camapu tem outras propriedades medicinais reconhecidas - é anti-inflamatório e anti-protozoário (inclusive há dados de que seu uso pode ajudar a tratar aqueles que sofrem de Mal de Chagas).

A descoberta da substância que faz com que os neurônios se regenerem foi uma casualidade da pesquisa, que apontava seus estudos para estes outros aspectos curativos do camapu.

Há mais estudos sobre as propriedades medicinais da Physalis angulata, que é conhecida como purificadora do sangue, fortalecedora do sistema imunológico e redutora das taxas de colesterol, dentre vários outros usos.

Aqui há uma tabela, com referências bibliográficas, que aponta o uso detalhado dessa espécie de fisalis, onde se mencionam qualidades calmantes, depurativas, desobstruintes, diurética, antioxidante, antibacteriana, antitumoral e outras.

CAMAPU NO JARDIM

Mas, caso você queira ter um pé de camapu, ou de juá-de-capote, a recomendação é de que não jogue as sementes na sua horta. Essa planta é bastante agressiva em seu crescimento e vai ocupar todo o espaço, passando por cima das outras plantas, com certeza. Então, faça um canteiro só para a sua fisalis, essa é a dica. Você pode comprar as frutinhas no mercado e separar as sementes, deixá-las secar e semear em terra fértil.

Outra fisalis que se encontra nos mercados é uma conhecida como Golden Berry a Physalis peruviana, cujo crescimento é tão agressivo quanto das outras espécies.

Fonte: greenme

CANELA-DE-VELHO, UMA PLANTA MILAGROSA CONTRA ARTROSE, ARTRITE E DORES EM GERAL - CURTA E COMPARTILHE NOSSO BLOG




A canela-de-velho, Miconia albicans, é uma planta muito comum no Nordeste brasileiro. Pertence ao gênero botânico Miconia, da família Melastomataceae, que tem diversas contribuições na medicina popular. Vale a pena você conhecer e, se tiver alguma inflamação dolorosa, experimentar.

De que planta estamos falando?

A Miconia albicans é uma planta arbustiva (de 0,7 a 3 m de altura) também conhecida como quaresmeira-de-flor-branca, prima das outras quaresmeiras - de flor roxa e rosa - que já conhecemos. Mas, há outras plantas que são conhecidas como canela-de-velho portanto, é importante o nome científico para você saber o que está tomando. Para te ajudar na identificação correta, dê uma lida aqui.

Fonte foto

Uma outra canela-de-velho é a Cenostigma macrophyllum Tul. var. acuminata ou caneleiro, árvore do Paraná.

A canela-de-velho (Miconia albicans) já é bastante estudada por suas propriedades medicinais e curativas assim como outras plantas do mesmo gênero.

Para além do uso popular já consagrado, você poderá conferir alguns links de estudos científicos sobre essa planta: pela ação analgésica, anti-inflamatória e anti-microbiana.

Fonte foto

Seu uso para tratar doenças dolorosas como artrites, artroses e reumatismo tem ampla comprovação nas comunidades tradicionais da região nordeste.

Alguns estudos apontam também as suas propriedades terapêuticas no tratamento do Mal de Chagas pois afeta o Tripanossoma cruzis, causador desta doença.

Descrição da planta

Nome científico: Miconia albicans

Família: Melastomataceae

Nome popular: Canela-de-Velho

Partes usadas: Parte aérea da planta (folhas)

Princípio ativo: Flavonóides e compostos triterpênicos (ácido oleanólico e ácido ursólico)

Propriedades medicinais: Anti-inflamatória, analgésica (anti-nociceptivo), antioxidante, antimutagênica, antimicrobiana, antitumoral, hepatoprotetora, tônica digestiva

Tratamento terapêutico: Artrose, artrite reumatóide, fibromialgia, dores e inflamação das articulações, dores na coluna, bursite, redução de radicais livres, purificação do sangue, reumatismo, tendinite e muito mais
Uso do chá

O uso do chá de canela-de-velho é eficaz também para tratar dores resultantes de tendinites, torcicolos, bursites e outros processos inflamatórios, especialmente aqueles que são acompanhados de inchaço local.

Receita do chá de canela-de-velho

* Você vai precisar de 15 folhas da planta.

* Coloque as folhas na água (1 litro) e deixe ferver por 30 segundos - você deverá fazer uma decocção leve (quando se ferve a planta junto com a água, por um tempo determinado) - desligue o fogo, tampe a panela e deixe descansar uns minutinhos.

* Coe e tome duas xícaras por dia, antes do almoço e antes do jantar e o sobrante, outras duas xícaras, use para banhar as áreas doloridas. Algumas pessoas indicam que se pode tomar até 3 xícaras ao dia.

Refaça o chá diariamente

Para ter resultado você deverá tomar o chá, diariamente, por pelo menos 30 dias e, segundo as indicações, poderá seguir tomando até por mais 60 dias. Ou seja, o chá de canela-de-velho é um medicamento de uso prolongado e continuado.

O processo de tratamento difere de pessoa para pessoa - algumas pessoas, dependendo do estágio da doença, já obtêm bons resultados (a redução das dores) a curto prazo, 1 semana - porém, seus bons efeitos, para serem continuados, precisam de que você continue usando o chá, tanto para tomar quanto para banhar os locais inflamados e doloridos.

Fonte: greenme

Saiba mais sobre essa planta milagrosa assistindo os vídeos a seguir:






Fotos da planta:







terça-feira, 14 de novembro de 2017

Benefícios Da Aloe Vera - curta e compartilhe nosso Blog




Aloe Vera ou mesmo Babosa; independente do nome que decida chamá-la, é incrivelmente benéfica para o cabelo, a pele e diversas outras coisas.

Neste artigo vou mostrar quais os benefícios que você pode obter ao utilizar de diversas formas a aloe vera em seu dia a dia.


Usos Da Aloe Vera Para Pele E Cabelo

O Gel Puro Da Babosa Pode Ser Usado Como Cosmético Natural


A planta possui diversas propriedades, entre elas a Vitamina A, C e D, que são as melhores vitaminas para o crescimento capilar e para o rejuvenescimento da pele. Sua composição também é basicamente formada de água (95%).

Ela é usada também em diversos cosméticos; desde maquiagens a shampoos e cremes. Pela sua vasta composição ser de água, ela é ótima para hidratação do rosto e dos cabelos, e suas vitaminas adicionadas a tornam ainda mais benéfica. (1)

A babosa também possui atividades antioxidantes, e em uma pesquisa foi revelada em uma porção do extrato da babosa (8mg) apresentou propriedades antioxidantes de até 30mg, que poderia ser aumentada com base na concentração.

A pesquisa revelou que a aloe tem um efeito significativo comparado a antibióticos comuns, e pode ser usado como antioxidante e antibacteriano natural. (2)

E com estas propriedades antioxidantes e antibacterianas, é possível diminuir consideravelmente o tempo de cicatrização de acnes usando o gel da aloe vera no rosto, e até mesmo diminuir as acnes ao passar do tempo de uso do gel da planta.

Ela também é incrivelmente benéfica se usado seu gel puro no couro cabeludo, por exemplo.

Em uma pesquisa, médicos testaram seu uso em dois grupos de ratos, onde em ambos eles possuíam feridas cutâneas. Nos ratos de um dos grupos foi usada o gel da aloe vera por quatorze dias, e em comparação com o outro grupo de ratos, estes melhoraram sua cicatrização, tornando-a um pouco mais rápida em comparação ao outro grupo. (3)

Outros Benefícios Da Babosa Para A Saúde

A Aloe Possui Benefícios Em Relação A Digestão E A Prevenção De Danos Cancerígenos


Existem diversas espécies diferentes de aloe vera, e em sua grande maioria é tóxica para o consumo interno. No entanto, a espécie Aloe Vera Barbadensis tem propriedades benéficas para se consumir, mas somente seu gel pois a casca continua sendo tóxica.

O suco da aloe vera barbadensis fortalece a energia e melhora a imunidade, e pode até mesmo melhorar a digestão e eliminar toxinas do corpo, devido as suas propriedades antioxidantes. Pode-se tomar o gel da barbadensis junto a água com limão ou outras bebidas detox. Tome cuidado com excesso!

Ela também ajuda a controlar o açúcar no sangue, e seu teor de fibras alto ajuda a melhorar a saúde intestinal e auxilia em distúrbios intestinais.

A babosa também é utilizada para combater o câncer. Em um estudo, a Aloe foi revelada por ter propriedades importantes quando se diz a células cancerígenas, e em seus efeitos foi percebido que a babosa pode estimular a produção de citocinas, e que o tratamento pode funcionar dependendo da dosagem e da produção de óxido nítrico produzido por ela. (4)

Portanto, é conhecido cientificamente que a aloe é extremamente benéfica para diversas coisas, no entanto tome cuidado ao querer consumi-la internamente, pois a ANVISA inclusive proibiu seu consumo por ser tóxica.

Mas assim como citado, a espécie barbadensis traz benefícios internos se consumido seu gel. Mas tome sempre cuidado e procure orientação médica para seu uso!

Abraços e fique com Deus!

10 benefícios da água com limão que você não sabia - Dr. Dayan Siebra - curta e compartilhe nosso Blog



Conheci os benefícios da água com limão quando estive pela primeira vez com o Tony Robbins Comecei a perceber que a princípio era muito mais saboroso que a água sem nada. 

Como o limão ácido pode ajudar o corpo? 

O limão é ácido fora do corpo, porém muito rico em minerais e quando ele é absorvido com esses minerias, esses minerais são acidificantes, então , apesar de ser ácido, quando absorvido é alcalinizante. 

Comecei logo de cara a beber toda agua do meu dia com limão depois de conhecer apenas 2 dos seus benefícios. E eu nem sabia de tantos poderes. 

O limão contem mais potássio que maça ou uva. O suco de limão puro é muito ácido para o esmalte dos dentes, por isso devemos tomar o limão diluído em água e muita gente prefere a morna. Água com limão deve ser uma das primeiras coisas que você deve fazer ao acordar.

Conheça os mitos e verdades do limão - curta e compartilhe nosso Blog



Seja para temperar a salada, colocar no peixe, fazer suco ou preparar uma torta, o limão está sempre presente na mesa do brasileiro. Há quem use o limão para curar uma gripe e há quem o evite para não ter dor de estômago. Mas, afinal, o que é verdade e o que é mentira nos segredos dessa fruta? Confira!

Conheça os chás que são altamente benéficos para a sua saúde! - curta e compartilhe nosso Blog



Chás: 
1) Guaco 
2) Gengibre 
3) Hortelã 
4) Boldo 
5) Hibisco, ou Cavalinha 
6) Amora 
7) Anis Estrelado 
8) Assa peixe 
9) Matchá 
Ingredientes do suco especial para a “Claudia Tenório”: - 2 folhas de couve manteiga - 1 tomate picado - 1 fatia de gengibre - Folhas de hortelã - 3 limões espremidos - Meia cenoura picada sem casca - 1 tubo de molho de pimenta - 1 maracujá 

DR. DAYAN SIEBRA (Médico Ortomolecular, Cirurgião Vascular e Coach) 
- Formado em medicina pela Universidade de Pernambuco; 
- Atuou como médico no Hospital da Restauração e no Hospital Real Português, em Recife 
- PE, e também na Santa Casa de Misericórdia de Sobral - CE; 
- Mestrado em Coaching na Flórida Christian University; 
- Fundador do Instituto Dayan Siebra; 
- Proprietário da Clínica Espaço Equilibrium, em Sobral - CE; - Criador de um método inovador e revolucionário, o “DS Life”, em que reúne a medicina tradicional, ortomolecular e sua especialização como coaching; 
- É um dos principais “Master Coachs” do Brasil. 
Contatos: Mais informações WWW.DSLIFE.COM.BR Inscreva-se no Youtube DAYANSIEBRA 
Curta no Facebook INSTITUTO DAYAN SIEBRA 
Siga no Instagram @DAYANSIEBRA 
Entre em contato (27) 3029-1317

domingo, 12 de novembro de 2017

Leite dourado, uma bebida que pode mudar sua vida - curta e compartilhe nosso Blog




O leite dourado é uma mistura de leite, cúrcuma, mel e especiarias, que tem origem na medicina Ayurvédica, da Índia. A cúrcuma é um tempero e corante, mas também tem diversas aplicações medicinais. Confira mais sobre suas propriedades medicinais neste artigo.


Propriedades da cúrcuma

A cúrcuma, também chamada de açafrão da terra, faz parte da família do gengibre. É uma raiz de cor laranja muito apreciada na culinária que contém curcumina e substâncias antioxidantes, anti-inflamatórias e que combatem e previnem o câncer, sobretudo do intestino, do cólon, estômago, esôfago e de mama. Também se acredita que faz bem ao fígado.



Semelhante ao seu primo, o gengibre, essa raiz também é considerada um antibiótico natural, capaz de prevenir infecções, melhorar a circulação sanguínea e hidratar as mucosas do corpo. Por isso, é recomendável que pessoas que sofrem de resfriados constantes, de excesso de secreção nas vias aéreas e de sinusite, entre outros problemas respiratórios a consumam.

Beber o leite dourado à noite ajuda a prevenir e combater problemas digestivos e menstruais, desintoxica o corpo, purifica o sangue e aumenta a vitalidade geral da pessoa. Além disso, também contribui para um sono tranquilo, sendo um aliado contra a insônia.


Mais benefícios do leite dourado

São muitos os benefícios associados a essa bebida, que é bem simples de fazer. Você só vai precisar comprar a cúrcuma, pois provavelmente já tenha todos os demais ingredientes em casa. A receita consiste em dois passos. Primeiro, a preparação de uma pasta, que servirá de base para o leite.

O consumo regular do leite dourado também pode ajudar a combater a artrite e a artrose, além de outras dores musculares e da articulação. Também pode servir de analgésico, diminuindo enxaquecas e outros males causados pelo estresse. Estima-se também que o milagroso leite dourado possa até reverter o aparecimento do mal de Alzheimer e evitar a demência associada à velhice. Confira outras vantagens de incluir a bebida em seus cuidados com a saúde:

— Fortalece o sistema imunológico e ajuda a prevenir doenças. Aumenta o nível de energia no corpo e combate a fadiga persistente.

— Atua como um anti-inflamatório, analgésico e anticancerígeno natural, sem contraindicações.

— Ajuda a controlar os níveis de colesterol no sangue, prevenindo problemas cardiovasculares.


— Faz bem para a digestão.

— Purifica o sangue através da desintoxicação do fígado.

— Ajuda a diminuir a pressão alta.

— Perfeito para ajudar a manter a saúde cerebral e a boa memória.

— Seu poder desintoxicante contribui para tonificar a pele.



— Eficaz para minimizar problemas neurológicos.

— Reduz os níveis de triglicerídeos.

É importante lembrar que este artigo tem caráter informativo e não científico. Sempre que iniciar um tratamento, consulte seu médico para verificar se este é o tratamento mais indicado para seu caso.

Como preparar o leite dourado?

Primeiro, você precisa preparar a pasta de cúrcuma, que será a base da receita e que pode ser guardada na geladeira para preparar vários copos do leite dourado. Mas, ao fazer o leite, consuma-o imediatamente.

Passo 1: Como fazer a pasta de cúrcuma

Ingredientes

1/4 de xícara de cúrcuma em pó (30 g)

1/2 colher de chá de pimenta preta moída (2,5 g)

1/2 xícara de água pura (125 ml)

Modo de preparo

Leve todos os ingredientes ao fogo médio, mexendo bem. Quando a mistura se tornar em uma pasta, desligue o fogo e deixe esfriar. Depois, coloque a pasta de cúrcuma em um recipiente de vidro limpo e seco com tampa e conserve na geladeira.

Passo 2: Como fazer o leite dourado

Ingredientes

1 xícara de leite (250 ml)
1 colher de chá de óleo de coco (5 ml)
1/4 de colher de chá de pasta de cúrcuma (1,25 g)
Mel (para dar gosto)

Modo de preparo

Em uma panela, misture todos os ingredientes, com exceção do mel. Leve ao fogo médio, mexendo sempre para não grudar. Logo antes de levantar fervura, desligue o fogo e acrescente o mel a gosto. Está pronto para ser consumido.
Dicas

— Você pode substituir o leite de vaca por leite vegetal, como o de soja, o de amêndoas ou o de arroz.

— A pimenta é muito importante nessa receita, pois contém piperina, que facilita a absorção da curcumina presente na cúrcuma.

— O leite dourado também é considerado um tônico de beleza, fazendo bem para a pele e para os cabelos, além de prevenir o envelhecimento precoce.

— Consuma um copo médio de leite dourado morno antes de dormir, para ter um sono tranquilo e reparador.

SALADA DE VEGETAIS COM UVAS-PASSAS - CURTA E COMPARTILHE NOSSO BLOG




INGREDIENTES
2 cenouras médias raladas grossas
1 abobrinha média ralada grossa
1 maçã verde cortada em cubos pequenos
100 g de uvas-passas escuras sem sementes
1 xícara (chá) de maionese HELLMANN’S sabor peito de perú


PARA DECORAR:
6 folhas de alface
1 xícara (chá) de folhas de agrião


MODO DE PREPARO

Em uma tigela grande misture as cenouras, a abobrinha, a maçã e as passas
Acrescente a maionese HELLMANN’S sabor peito de perú e misture até que fique homogêneo

Reserve

Forre uma saladeira ou prato grande com as folhas de alface e de agrião e cubra com a mistura reservada
Sirva em seguida

Fonte: tudogostoso

5 porções de frutas e hortaliças ajudam a evitar qualquer doença - curta e compartilhe nosso Blog

(Foto: Thinkstock)


Conheça os benefícios dessa classe de alimentos e descubra, em quantidades exatas, como chegar a esse número mágico

Uma extensa revisão, feita com dados de 830 mil pessoas, comprovou que a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de consumir cinco porções de frutas, hortaliças e legumes por dia turbina mesmo a saúde. Ao comparar os grandes fãs deste alimentos aos pouco ávidos por eles, um time de cientistas americanos e chineses notou que adicionar à rotina uma maçã ou algumas folhas de alface, por exemplo, fazia a incidência de morte por diversas causas, sobretudo as cardiovasculares, baixar, em média, 5%.

“Com base nos nossos achados, um indivíduo que come cinco porções diárias de vegetais tem uma redução de 25% no risco de morrer por qualquer doença em comparação com quem quase não os consome”, conta o epidemiologista Wei Bao, dos Institutos Nacionais de Saúde, nos Estados Unidos. “De cinco em diante, não vimos benefícios adicionais”, ressalta. Não quer dizer que a partir da sexta porção haverá prejuízos. Longe disso. O que ocorre, na verdade, é uma espécie de efeito platô – em tese, cinco porções teriam, no corpo, o mesmo resultado de sete.

A mágica das frutas e hortaliças

O Brasil está longe de ter um menu exemplar. De acordo com a última pesquisa de Orçamentos Familiares do IBGE, somente 10% dos brasileiros conseguem atingir a meta diária de cinco porções. Para que este número crescer é preciso uma mudança de hábito e é muito fácil fazer a sua parte, como orienta a nutricionista Adriana Garcia Peloggia de Castro, do Centro Universitário São Camilo: “Deixe a fruta mais à vista, de preferência picada”. Para abrir o apetite, capriche na montagem da salada – se tiver condições, ganhe tempo comprando itens previamente higienizados. Lembre-se: se quiser cumprir o desafio das cinco porções, vale até bilhete grudado na porta da geladeira.
O que elas têm de especial?

Médicos e nutricionistas defendem tanto a inclusão de verduras, legumes e frutas na rotina porque…

… são fontes de micronutrientes. Nos referimos às vitaminas e aos minerais, substâncias valiosas para as nossas células. Enquanto as vitaminas, especialmente a C e a A presentes na laranja, na cenoura e no tomate, fortalecem o sistema imunológico e são potentes antioxidantes, o mineral potássio atua de forma oposta ao sódio, ou seja, relaxa as artérias e evita, assim, o aumento da pressão arterial – o que nos protege contra infartos e derrames.

… oferecem fibras. Esses alimentos são grandes fornecedores de fibras, tanto solúveis como insolúveis. As vantagens de mandá-las goela abaixo é que fazem o intestino funcionar e chutam moléculas de colesterol para fora do corpo.

… ajudam a manter o peso em dia. Frutas, verduras e hortaliças dão uma força na hora de enxugar o abdômen. Isso porque contribuem para a saciedade, o que resulta em menos abusos à mesa. Além disso, à medida que as cinco porções vão sendo incorporadas ao menu, menor é o espaço dedicado a tranqueiras, como bolachas recheadas, salgadinhos, refrigerantes…

… são ricos em fitoquímicos. Esta é uma classe de componentes que derruba o risco de ficar doente. Caso dos carotenoides dos alimentos vermelhos e laranja, inimigo do câncer de próstata e de mama, e das antocianinas de alimentos arroxeados, como jabuticaba, uva e berinjela, associadas ao combate dos males cardíacos e neurológicos. Não à toa, experts em nutrição pedem para montarmos um prato bem colorido e fazer uma espécie de rodízio de vegetais.

Fonte: saude


Conheça o poder curativo das frutas e hortaliças na nossa saúde - curta e compartilhe nosso Blog




Todos nós já ouvimos falar de colesterol alto, diabetes, hipertensão arterial... Essas doenças são comuns e muito sérias... O que pouca gente sabe é que a prevenção dessas e de muitas outras doenças podem ser mais acessíveis do que a gente imagina. Tem muitos alimentos que a gente tem na nossa própria casa, como o abacate, cebola, o alho, que podem ajudar a prevenir e até tratar problemas de saúde.

Fonte: agrolink




Sucos de frutas com verduras e legumes, aprenda a fazer - curta e compartilhe nosso Blog





Aprenda a fazer sete sucos de frutas com verduras e legumes


A combinação é nutritiva e ainda combate diversos males, como a celulite

O que você faria se alguém te oferecesse um suco de maçã com couve? E um de melancia com salsão? Provavelmente a sua reação seria bem menos receptiva do que se dentro do copo houvesse apenas a maçã ou a melancia. Entretanto, essas misturas têm diversos nutrientes que se complementam, contribuindo para uma dieta balanceada e para a prevenção de diversas doenças, como câncer. Por isso, reunimos sete opções de sucos de frutas com verduras e legumes que, além de saudáveis, têm grandes chances de fazer você mudar de opinião sobre essa combinação:



Suco de maçã com couve e cenoura

Combinação rica em beta-caroteno, esse suco é uma ótima fonte de vitamina A,que não só age como antioxidante como também auxilia na reação dos olhos à luminosidade, permitindo a visão. Além disso, a casca da maçã é rica em pectina, que evita a deposição de gordura nas paredes arteriais.

Segundo a nutricionista Daniela Jobst, membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e do Instituto de Medicina Funcional dos EUA,essa composição oferece alto poder de desintoxicação, pois acelera o funcionamento das enzimas do fígado, eliminando mais rapidamente as toxinas do corpo.

Faça você mesmo: bata no liquidificador 1/2 cenoura, 1 folha de couve, 2 galhinhos de salsinha, 1 maçã e 200 ml de água. Coe e sirva.



Suco de beterraba com maçã e gengibre

Rica nas vitaminas A, B6 e C, essa composição favorece o aumento da imunidade, tem ação antiinflamatória e auxilia no funcionamento do sistema digestivo, explica a nutricionista Daniela Cyrulin, de São Paulo. Além disso, o suco possui antioxidantes que combatem radicais livres, prevenindo contra o envelhecimento precoce e o desenvolvimento de doenças, como o câncer.

E tem mais: "Recentemente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) reconheceu a eficiência do gengibre contra enjoos e náuseas", conta Daniela.

Faça você mesmo: bata no liquidificador 1 beterraba média, 1 maçã pequena sem casca e 3 raspas de gengibre. Coe e sirva.



Suco de água de coco com pepino

Se você não se sente muito animado com a aparência ou mesmo a ideia de consumir sucos de frutas com verduras e legumes, talvez seja melhor começar por esta opção, que é mais simples. Mistura apenas o pepino, composto basicamente por água, com água de coco, formando um suco rico em fibras e potássio - e o melhor: com pouquíssimas calorias.

De acordo com a nutricionista Daniela Jobst, "esse suco tem alto poder diurético, pois ambos os ingredientes ativam as vias urinárias, eliminando mais facilmente as toxinas do corpo".

Faça você mesmo: bata no liquidificador 1 pepino e 200 ml de água de coco. Coe e sirva.



Suco de couve manteiga com abacaxi, laranja e maçã

Embora três dos quatro ingredientes desse suco sejam frutas, seu grande destaque é a couve manteiga. "Ela é uma excelente fonte de ácido fólico, cálcio, ferro, potássio e beta-caroteno, precursor da vitamina A", explica a nutricionista Daniela Cyrulin. Assim, seus principais benefícios estão ligados à prevenção da osteoporose, ao controle da pressão arterial, à digestão e à prevenção contra o envelhecimento precoce, problemas cardiovasculares e doenças degenerativas.

A couve ainda tem a sua atuação ampliada quando unida ao abacaxi, já que ambos eliminam as toxinas do corpo.

Faça você mesmo: bata no liquidificador 2 colheres de sopa de couve manteiga picada, 2 fatias médias de abacaxi, suco de 1 laranja e 1 maçã sem casca e sem semente. Coe e sirva.



Suco de melancia com gengibre e manjericão

Além do elevado poder diurético proporcionado pela melancia, esse suco ainda funciona como um alimento termogênico, pois acelera o metabolismo. Isso acontece graças ao gengibre, raiz com diversas utilidades medicinais que é capaz de aumentar o gasto calórico em mais de 10%.

Outra característica do composto é a promoção da desintoxicação orgânica, resultado da ingestão do manjericão, como conta a nutricionista Daniela Jobst.

Faça você mesmo: bata no liquidificador 2 fatias de melancia, 1 lasca de gengibre e 1 folha de manjericão fresco. Coe e sirva.



Suco de melancia com salsão

Segundo a nutricionista Daniela Cyrulin, a melancia é um diurético natural e hidratante, uma vez que cerca de 90% de sua composição é água. Além disso, ela é rica em licopeno, substância que dá a cor avermelhada à fruta, que atua na prevenção do câncer, principalmente o de próstata.

Já o salsão auxilia na circulação sanguínea e, consequentemente, na desintoxicação do organismo, conta a nutricionista.

Faça você mesmo: bata no liquidificador 1 xícara de chá de melancia picada sem semente e 2 talos de salsão. Coe e sirva.



Suco de couve com cenoura, gengibre, pepino e laranja lima

"Rico em vitamina C, beta-caroteno e fibras, esse suco tem tudo para virar o queridinho entre as mulheres", brinca a nutricionista Daniela Jobst. Isso porque ele não só ajuda na prevenção do câncer de colo e de mama como também combate a celulite. Além disso, ele funciona como um importante eliminador de toxinas do organismo.

Faça você mesmo: bata no liquidificador 1 cenoura, 2 dedos de raiz de gengibre, 1 pepino, 1 folha de couve manteiga e suco de 1 laranja lima. Coe e sirva.

AnunciAD

PopCash

O Poder das Frutas e Hortaliças

O Poder das Frutas e Hortaliças

Google+ Followers

Nossa Página no Facebook

Popular Posts

Clima/Tempo

VTR